terça-feira, 31 de janeiro de 2012

SARAU PARATY

"""Ô de Casa!!! Alguém por aí??? """


Entre tantos Botecos que beiram a famosa Praça da Matriz no centro histórico da pacata Paraty-RJ, escolhemos o SARAU PARATY. Se a escolha foi boa? Vejam só....


O som era instrumental e nos chamou a atenção. O ambiente tinha pouca decoração, mas tudo era arrumadinho e no seu devido lugar. Escolhemos uma mesinha próxima ao ""Show"" e esperamos para ser atendidos. Esperamos. Então falamos: "vamos esperar mais um pouquinho?"


A mesa estava suja e aguardávamos ansiosamente pela retirada da garrafa e copos... Dava para perceber que até o saxofonista via o nosso descontentamento. Eu estava vendo a hora que ele iria largar o instrumento e vir na nossa mesa nos atender....:(


Lá no fundo, o gerente estava mais preocupado em fazer contas do que no atendimento. Então amiga e amigo leitor: FUJAM do SARAU PARATY. Nós saímos de lá correndo para nunca mais voltar. 


Não fomos atendidos e então levantamos e passamos ao lado do gerente que nem olhou para nós clientes. Enfim, até mesmo uma pessoa que sofre de "ataraxia", conseguiria se irritar.


Data da Visita: 28/01/2012

Praça da Matriz - Centro Histórico- Paraty RJ
Simulação de gastos para 2 Pessoas:  R$ 0

Ambiente: 8,0
Atendimento: 0,0
Bebidas: Não Avaliado
Banheiro: Não Avaliado

     Faixa Etária Média: 31 anos
  Telefone: (24) 3371-2776
Aceita cartões de crédito e débito

Site: Não Tem

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

BARRIL

"""Vai um Barril de Chopp Caborê? Isso só tem em Paraty-RJ!"""


Entramos no BARRIL um pouco desconfiados do atendimento, afinal de contas havíamos passado maus bocados no boteco anterior (contamos no próximo post), mas fomos surpreendidos com esse simpático lugarzinho.


Com uma simplicidade ímpar, o bar conta com um cardápio sem destaques e que nada lembra um PUB de São Paulo. Porém há variedades e opções como sanduíches, petiscos, carnes, aves, frutos do mar, drinks....... Uma pena haver divergências entre preços em 2 cardápio que pegamos. Em um, o couvert artístico era R$ 5 e no outro R$ 6.... :(


No primeiro chopp nós tivemos que esperar um pouquinho, mas o garçom nos explicou que era início de barril e no começo havia muita espuma e etc. Após tomarmos 2 chopps Caborê, nós resolvemos pedir uma Original, mas o garçom disse que não estava tão gelaaaaaada. E então partimos para a SKOL.


A decoração é carregada, mas ao mesmo tempo é agradável aos olhos e ao clima que o bar transmite. Com muitas mesinhas na calçada, o BARRIL é um bom boteco para jogar conversa fora e/ou refletir sobre a vida.


O ponto forte do BARRIL é sem dúvida nenhum o som MPB e o Chopp CABORÊ (cerveja artesanal de Paraty-RJ). Ou seja, tá passeando pelo centro histórico e quer parar para tomar um bom chopp e ouvir boa música, então o Barril é uma opção a ser considerada na escolha.


Entre as opções de petiscos resolvemos pedir uma porção de Camarão a Dorê. Infelizmente o camarão era tão pequeno que parecia que havia sido triturado...:( Além do mais achamos que estava com gordura acima da média.


A Choperia Barril é localizada no ponto mais concentrado de botecos do Centro Histórico de Paraty-RJ. Os preços não são baratos e no dia em que estávamos na casa, o Barril contava com 2 garçons. Ficamos apenas nos petiscos, mas acreditamos que os pratos sejam o carro forte dessa choperia, pois vimos muitas pessoas almoçando, então fica a dica....


Data da Visita: 28/01/2012

Praça da Matriz - Centro Histórico- Paraty RJ
Simulação de gastos para 2 Pessoas:  R$ 12,00 (Couvert Artístico) + R$ 45,00 (1 Porção de Camarão a Dorê) + R$ 14,00 (2 Skol) + R$ 12,00 (2 Chopp Caborê) + R$ 8,30 (10%) = TOTAL R$ 91,30

Ambiente: 7,9
Atendimento: 8,0
Bebidas: 8,0

     Faixa Etária Média: 24 anos
  Telefone: (24) 3371-4087
Aceita cartões de crédito e débito

Site: Não Tem

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

TERRAÇO ITÁLIA

"""São Paulo 360º, cidade maravilha da beleza e do caos"""


No dia do aniversário da cidade brasileira mais influente do cenário global e também no dia do aniversário da Vânia, a noite estava perfeita e nós fomos ao clássico TERRAÇO ITÁLIA no famoso Edifício Itália. Foi a escolha certa no dia certo!!!


Andar pelo centrão de São Paulo é sempre emocionante. Muita gente morre de medo da capital paulista, mas nós adoramos, principalmente os passeio turísticos da cidade. Com certeza o TERRAÇO ITÁLIA é um desses passeios e que vale a visita. Entre RESTAURANTE (41º Andar) e BAR (42º Andar) no Edifício Itália, nós escolhemos o bar, na verdade o PIANO BAR e não nos arrependemos. 


Entrar no Edifício Itália é moleza. De burocracia não tem nada. O Vallet sai por R$20,00 e deve ser pago lá em cima, no Bar ou Restaurante. O caminho é simples: elevador com muitos gringos falando diversos idiomas até o 37º andar e depois outro elevador com mais turistas até o 42º andar.  Lá em cima as coisas são meio auto explicativas e não tem como errar. 


O atendimento segue o padrão Terraço Itália: cliente em primeiro lugar. Nós fomos atendidos pelo garçom nota 10 Juan, uma simpatia em pessoa. Ele simplesmente se apresentou da seguinte maneira: """Meu nome é Juan e eu serei o garçom de vocês durante toda a noite""". O cara era o cara. Bem humorado e atencioso fez o que nós chamamos de atendimento perfeito. Com certeza o Juan será um candidato fortíssimo para o prêmio de melhores de 2012 by Cia dos Botecos.


O cardápio é um livro de capa dura. Mas ao abri-lo um pequena pontada de decepção, mas nada que comprometesse a noite, muito pelo contrário, pois há muitas bebidas, sendo que para os vinhos existe uma carta especial. Há também alguns petiscos que são ótimos, mas nada além disso. Nada de fotos Tabeteimasu, nada de histórinhas tipo Mocotó, e nada de fotos do cardápio todo como o Cruzeiro's Bar. Mesmo assim, o conteúdo é bom. O COCKTAIL escolhido foi o SÃO PAULO, uma maravilha, mas infelizmente sem alcóol. Escolhemos por que tinha que ser escolhido, afinal de contas era aniversário de SP.


Optamos pelas cervejas, que são Long Neck e custam a bagatela de R$ 9,00. Se alguém achou um pouco caro, no 76 Club custava R$ 12,00 quando visitamos. Entre as opções há Bohemia, Heineken e Stella Artois. Fomos de Heineken para variar... :) Servida num baldinho com copos sendo trocados o tempo todo, e muita regalia, foi show. 


A vista panorâmica é impagável, mas além de aproveitar a visão do local, as comidinhas estão lá e olha que não são quaisquer quitutes e sim elaborados pelo CHEF Samuele Oliva, um ícone na cidade. Escolhemos    um diferente e acertamos em cheio como tudo nesse dia 25/01: DADINHOS DE SALMÃO gratinados com ervas (250 gramas) por R$ 37,00. Eles poderiam ter outro nome: A PERFEIÇÃO.


Como a Vânia diz, dá vontade de chorar vendo aquela imensidão diante dos olhos!!! Nós sabemos que São Paulo é grande e que tem muitossssssss prédios, mas certamente ao ter aquela visão, parece que é muito, mas muito mais do que você imagina!!! Ficávamos o tempo todo decifrando qual era a tal avenida, ou qual era o tal monumento...mas é tão alto que fica bem difícil.


Um curiosidade foi enxergar (zoom 20 X) a famosíssima LOVE STORY, pra não dizer engraçado. Lá do 41º Andar vendo a CASA DE TODAS AS CASAS..... Ainda dentro do PIANO BAR, há muitas velas em todas as mesas e cantos. O lustre é um charme, já os sofás e poltronas também seguem uma linha mais antiga, mas confortável.


O PIANO BAR é um ambiente fino, sem dúvida nenhuma, visto que só para entrar ali custa R$ 30,00, devido ao couvert artísico. Portanto a elegância rola solta, mas nada de longos ou roupas de debutantes, ali a discrição é explícita. O que faz sucesso são roupas básicas de grife. Há muitos turistas, jovens e mulheres. Luz? Não existe. Enxergar o cardápio é difícil... mas tudo isso por um ambiente melhor.


É claro que o couvert artístico pesa um pouco, mas compensa. O som estava sendo comandado pelo Ricardo Baudacci Trio naquela noite. Eles são especialista em swing Jazz das décadas 40 e 50. D+ Muita gente tirando fotos e filmando o trio. Inclusive alguns se empolgavam e partiam para a dança. Muito bom, muito fino, enfim, um p... show.


Fomos embora maravilhados e hipnotizados com o TERRAÇO ITÁLIA, com o PIANO BAR, com o EDIFÍCIO ITÁLIA e com os DADINHOS DE SALMÃO. Antes uma visitinha pelo andar térreo e muitas, mas muitas FOTOS. Câmera fotográfica é mais que obrigatório no Edifício Itália, na verdade, no centro de São Paulo :)


O ambiente agradou muito, assim como a visão panorâmica da casa. Mas se você está em dúvida entre restaurante ou o bar do Terraço Itália, siga o nosso conselho: fique no petisco e nas bebidinhas, pois a vista é a mesma pra não dizer melhor. Além de gastar $$$ menos, você sai de lá nas nuvens do mesmo jeito.


Data da Visita: 25/01/2012

Av. Ipiranga, 344 - 41º Andar - Centro - São Paulo SP
Simulação de gastos para 2 Pessoas:  R$ 45,00 (5 Heineken) + R$ 21,00 (Cocktail São Paulo) + R$ 60,00 (2 Entradas no Piano Bar) + R$ 37,00 (1 Porção de Dadinhos de Salmão) + R$ 20,00 (Estacionamento) + R$ 18,30 (10%) = 
= TOTAL R$ 201,30

Ambiente: 11,0 (Tá longe do 10,0)
Atendimento: 12,0 (Melhor do que o Melhor)
Bebidas: 9,0 (Faltou umas Fuller's)

     Faixa Etária Média: 34 anos
  Telefone: (11) 2189-2929
Aceita cartões de crédito e débito

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

BAR DO JUAREZ

"""Bar do Juarez é sinônimo de Picanha no Rechaud"""


Na véspera do aniversário de 458 anos de São Paulo, nada mais justo de que visitar um Boteco com a cara da cidade. Então tá aí o BAR DO JUAREZ: um boteco que já é uma lenda viva na terra da garoa.


Após já termos visitado as unidades do ItaimPinheiros, resolvemos conhecer a Unidade do Brooklin. Ela segue o padrão das demais casas: azulejos azuis e brancos na parede (Qualquer semelhança com a nova cara do Blog é mera coincidência rsrs), muita nostalgia pela decoração do bar e um templo a picanha e ao chopp. 


Os acepipes no balcão são caros, R$ 7,90 por 100 gramas e o pior de tudo é que não dá pra fugir deles, afinal de contas são tentadores. As opções são variadas até demais e chega a ser um exagerado a quantidade de queijos e gostosuras diversas, mas vale cada centavo.


Escolhemos algumas delícias, pesamos e o atendente nos disse: """Os talheres vão na mesa""". Chegamos na mesa e antes de sentarmos, os talheres e acompanhamentos estavam lá. Eu e a Vânia falamos juntinhos: """Esse sim é o Bar do Juarez""".  Um pouquinho antes havíamos levado uma canseira para pedir o primeiro chopp, mas isso não é corriqueiro por lá, foi apenas uma situação casual e momentânea.


Quando se pensa em Picanha no Rechaud se pensa no Bar do Juarez #fato. Isso é quase instantâneo. Mas o Juarez do Brooklin não é só isso. Lá o espaço é enorme, isso inclui a belíssima varanda que fica literalmente de frente para a Av. Vereador José Diniz. 


Há 2 chopeiras da Brahma que trabalham a todo o vapor. O preço da caldereta é tipo Pirajá/Astor/Original, R$5,30. Ótimo. As cadeiras e mesinhas são confortáveis e denunciam o boteco chique que é o Bar do Juarez.


Se você tá indo no Bar do Juarez pela primeira vez, não tem como escapar da Picanha. Essa era nossa terceira vez, mas a primeira no Juarez do Brooklin, então nos sentimos obrigados a experimentar a famosa Picanha no Rechaud. Alguém aí achou que foi um sacrifício? rs


E de cara notamos que o alho torrado que vinha separado num potinho para temperá-la foi abolido. Agora o alho já vem na picanha. Os acompanhamentos farofa, vinagrete e repolho continuam. Ahhh e claro, a fumaça. Muita fumaça. Ainda bem que o público do Juarez está acostumado...


O chopp foi o melhor que tomamos no ano. É claro que ainda estamos em Janeiro, mas o Chopp desceu bem e harmonizou com a Picanha de modo inigualável. Enfim, o Bar do Juarez continua do mesmo jeitinho, porém mais experiente e mais reconhecido do que nunca.


O banheiro é enorme e muito limpo, vale uma visitinha. O Juarez não é só acepipes e picanha, há também lanches, e várias outras porções. Notamos que em todas as mesas havia uma garrafa de destilado: Red Label, Jack Daniels, entre outras. Na nossa mesa havia uma bela garrafa de Absolut. Mas não tivemos coragem $$$


A tradição e o bom atendimento não foi esquecida. O garçom nota 10 foi o Domingos. Espetacular. No final ainda tomamos a saideira. Foi uma bela noite bem ao estilo JUAREZ. Agora falta somente o mais clássico: Bar do Juarez de Moema, o primeiro de todos....Nos vemos lá?


Data da Visita: 24/01/2012

Rua Joaquim Nabuco, 325 - Brooklin - São Paulo SP
Simulação de gastos para 2 Pessoas:  R$ 53,00 (10 Chopp) + R$ 79,00 (1 Picanha no Réchaud) + R$ 13,20 (10%) = TOTAL R$ 145,20

Ambiente: 10,0
Atendimento: 9,5 (Demora para o 1º Chopp)
Bebidas: 10,0 (Só CHOPP)

     Faixa Etária Média: 30 anos
  Telefone: (11) 3969-4988
Aceita cartões de crédito e débito

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

CASA SÃO JORGE

"""Samba sem frescura"""


O Kekanto organizou o seu segundo evento na cidade de Campinas num verdadeiro Boteco e nós estávamos lá para curtir, rever a galera, conhecer gente nova e é claro sambar muito na CASA SÃO JORGE.


...
Verdelone: Essa tal de Casa São Jorge é boteco de Corintiano? 
Vânia: Nada...É Sambão...
Verdelone: Fala a verdade...senão eu nem vou...Ficar ouvindo ""Isso é Curintia"" num dá né.....
Vânia: Isso é Kekanto...
Verdelone: Fechou!
...


A CASA SÃO JORGE tem uma decoração simples e extremamente criativa. O ambiente é jovem, despojado e totalmente descolado.


O Samba fica no ar de quem chega nesse Boteco no bairro Barão Geraldo em Campinas-SP. Sexta e Sábado são os dias mais lotados da casa. Como o evento foi em pleno Domingão, a casa estava cheia, mas não super povoada, o que ajudou a galera ficar mais a vontade.... Alguém aí sentiu falta do Faustão???


O Evento contou com cerca de 30 pessoas e foi um sucesso, mas é claro que o Boteco ajudou, afinal de contas a CASA SÃO JORGE tem tradição em Campinas, pois eles estão na ativa desde 2002. É mole? Entre a galera presente estavam blogs de peso como a Cúpula do Happy Hour, o Gole & Gula, Só Penso no Quilo, Shots Aleatórios, além de uma galera que curte muito escrever...tipo Machado de Assis...:) 


Há praticamente 2 ambientes, sendo que um é uma espécie de varanda, no qual ficamos e estava ótimo. Já o outro é o salão principal, mas esse é só para quem tem samba no pé... :)


As comidinhas são OK. Há petiscos mais trabalhados e outros típicos de boteco. Experimentamos os bolinhos de bacalhau da casa e os bolinhos mandioca com carne seca. Ambos feitos na hora e totalmente crocantes. O bolinho de bacalhau apresentou um leve gostinho de sal em excesso, mas nada que comprometesse a qualidade. 


A galera de Campinas é SENSACIONAL. Animação, piadas, e samba na veia. A Casa São Jorge passou no teste. O atendimento poderia melhorar um pouco com mais 1 ou 2 garçons. Mesmo assim a casa se saiu bem. A música ao vivo é o ponto alto da casa. Não é a toa que ela foi eleita várias vezes pela Veja Comer e Beber Campinas como sendo a melhor casa de música ao vivo.


""Não deixa o samba morrer, não deixa o samba acabar, o morro foi feito de samba, de samba pra gente sambar..."" Fomos embora com um gostinho de quero mais... E aí? Qual o próximo encontro da galera Campineira? 


Data da Visita: 22/01/2012

Av. Santa Isabel, 655 - Barão Geraldo - Campinas SP
Simulação de gastos para 2 Pessoas:  R$ 7,20 (1 Heineken) + R$ 7,20 (1 Original) + R$ 12,20 (1 Porção de Bolinho de Bacalhau - 4 unidades) + R$ 9,60 (1 Porção de Bolinho de Mandioca com Carne Seca) + R$ 3,62 (10%) = 
TOTAL R$ 39,82

Ambiente: 10,0
Atendimento: 8,0
Bebidas: 7,5

     Faixa Etária Média: 26 anos
  Telefone: (19) 3249-1588
Aceita cartões de crédito e débito

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Verdelone
    Beer