terça-feira, 31 de maio de 2011

BOTECO DO LAGO

Ao passar pela Avenida Monte Verde, um dos bares que mais se destaca é o Boteco do Lago, devido a sua proximidade com um pequeno lago (é lago, não é pântano) e o som ao vivo que está presente o tempo todo, à qualquer hora do dia.


Ao chegar a noite, nós tínhamos a difícil tarefa de escolher um local para apreciarmos um bom e velho fondue, e isso se tornava ainda mais difícil afinal de contas todos os bares estavam com o mesmo preço, R$ 39,90 por pessoa (o rodízio de fondue).


Acabamos optando por um critério que seria a solução para tudo isso: a qualidade do som ao vivo que vinha do bar. Parece algo fácil, mas na verdade quase todos, senão todos, os bares de Monte Verde tem som ao vivo.. E foi aí que ao passarmos pelo Boteco do Lago, e ouvirmos um rock and roll sensacional, e não tivemos dúvida, optamos por ele. Talvez o Boteco do Lago tenha ganhado em nossa escolha também pelo fato de ter uma mistura única na cidade: o som da banda + o som dos sapos do lago (é sapo e não monstro do lago) ... impressionante a sinfonia.


O bar estava lotado e por isso a garçonete que nos recepcionou nos disse que não teria mesa, mas vimos uma mesa de frente com a banda, com cadeiras de bambu (mais confortáveis que os pregos de um faquir), um pouco estranha para a ocasião... mas mesmo assim perguntamos se poderia ser aquela e ela disse que sim e aí fomos até lá e sentamos.... ou melhor, eu deitei na cadeira... sabe aquelas cadeiras com almofadinhas e tal... pois é.. acabávamos de entender o porquê que a moça não queria nos oferecer.


Ao abrir o cardápio, surpresa! As cervejas alemãs como Paulaner, Erdinger todas na casa dos R$17,00 , Paulistânia por R$ 13,00, Heineken - 600 ml por R$ 12,00, Chopp R$ 6,50... Chopp Wateiner R$ 4,90 e aí que acabamos escolhemos a boa Original por R$ 8,90.... Caro para um boteco, não acham? Heineken R$ 12,00? Meu Deus!


Aí conversa vai, conversa vem e foi inevitável pensar em como iríamos conseguir comer um fondue estando sentado naquelas cadeiras... mas não estávamos ali principalmente pelo som? Ok.. estávamos de frente com ele, então reclamar de quê?


E foi aí que em menos de quinze minutos, a banda Triba'ls anuncia o intervalo.... Puxa vida que m.... isso foi um balde de água gelada em nós que já não sabíamos se deveríamos pedir uma porçãozinha para forrar o estômago e depois correr para outro bar comer fondue, ou se pedíamos o próprio ou ainda se íamos embora... mas ir embora como, se o couvert artístico havia sido mais caro que a cerveja, por pessoa?


Foi aí que bateu o desespero e ao som dos sapinhos saltitantes, chamamos a garçonete e explicamos a situação... que havíamos pego por nossa opção aquela mesa, mas que realmente não dava para ficar sentado ali e comer, e que o som havia dado intervalo e queríamos ir embora, mas que não achávamos tão certo pagar o couvert artístico por 15 minutos de som... e para nossa agradável surpresa a mocinha entendeu nossa situação e saímos pagando apenas o que havíamos consumido. Sorte!


O atendimento daquela jovem garçonete foi tão bom que nos fez perguntar o porquê que na camisa deles haviam nomes de outros bares da cidade e foi aí que ela no explicou que o Boteco do Lago, Café Pinhão e o Panela de Ferro são dos mesmos donos.. adivinha qual foi a nossa opção para o fondue naquela noite? O Café Pinhão (contaremos em outro post sobre ele).


Sendo assim gostaríamos de ressaltar o ótimo atendimento do Boteco do Lago, as mesas com cadeiras que tem ali de frente com a banda não são recomendadas, mas vale lembrar que o bar tem em sua maioria as boas mesas e cadeiras de madeira, mas que naquele dia estavam lotadas. O Couvert artístico era de R$ 10,00 por pessoa e o som é muito bom. Como vocês perceberam no vídeo acima, a banda tocava de tudo, mesmo assim, muito bem. Valeu essa nossa breve visita.


Boteco do Lago
Avenida Monte Verde - Monte Verde-MG
Ambiente: Frio
Faixa Etária: A partir de 18 
Telefone:             (11) 3805-0151

domingo, 29 de maio de 2011

BIERBOXX


Para quem está cansado da mesmisse em guias de opções para se divertir, então chegou a hora de conhecer urgentemente o Kekanto, um site onde você obtém informações reais de diversos locais vivenciadas por pessoas que já estiveram em tal local, com dicas detalhadas. Você ainda tem a total liberdade para deixar a sua impressão, seja ela boa ou ruim....


E foi assim que essa galera "elegeu" o Bar Bierboxx para um encontro pra lá de especial. O sucesso do Kekanto se deve principalmente ao Bruno Yoshimura, Allan Panossian Kajimoto e Fernando Okumura juntamente com toda a Equipe do Kekanto (Nathália, Liliane, entre outros), Usuários em geral (Incluíndo é claro o Kekanto Elite) e de Blogueiros diversos aficcionados em escrever no Kekanto


Em primeiro lugar devemos ressaltar que o Bierboxx é na verdade um misto de bar e loja, que nasceu há apenas alguns meses no bairro mais boêmio e descolado da cidade (Vila Madalena), após o sucesso de um site que fazia a entrega de cervejas. Ao chegar no Bierboxx a hostess nos atendeu muito bem, e de cara ainda pudemos ver o ambiente externo, um lounge muito bem decorado com poltronas e guarda-sóis.


 Ao passar para o ambiente interno, podemos perceber que ali o papo é sério quando o assunto é cerveja. Na entrada do bar há um excelente livro que inclusive temos em casa, é o livro Larousse da Cerveja de Ronaldo Morado, que estava ali aberto como se estivesse realmente em um templo dedicado ao assunto. O Bierboxx conta com aproximadamente 200 rótulos de 16 países.


Chegamos cedo e ficamos no papo com uma galera animada: Bruno, Allan, William e o Fernando.


E aos poucos os blogueiros foram chegando para a degustação de cervejas que já estava para começar.


Tirando a gente do Cia dos Botecos, os blogs presentes eram os seguintes: Gastronomia e Fotografia, Soy Loco por Ti Coxinha, Brincando de Chef, Boteco e Cerveja, Da Feira ao Baile, William Matsubara, Alice no País das Guloseimas.


E a turminha do Kekanto Elite também chegava em peso: Paula, Dandara, Alice, Marco Origuela, Rita, Tati Capêlo, William, Victor, Elder e Janaína. Será que a gente esqueceu de alguém?


Em seguida tivemos o prazer de presenciarmos uma degustação de alguns rótulos, com direito à palestra, comandada pelo sommelier Leandro Viu, uma pessoa extremamente didática.


Ele conseguiu transmitir um pouquinho de toda sua bagagem cervejística à todos nós presentes ali. Acreditem, o bar possui uma sala para ministrarem cursos no andar superior do bar. Um show a parte.


Não vamos ficar aqui detalhando as cervejas, até porque ainda não somos especialistas. Mas qualquer dúvida é só mandar um comentário para a gente ou escrever diretamente para o Leandro Viu. Com certeza ele vai ajudar.


Certamente até mesmo para quem não desgruda de uma boa e velha pilsen (não estamos falando de Skol tá), não resistiu ao encantável universo das cervejas. Tomamos a Flying Dog; Backer; Colorador; Erdinger; A.K. Damm e a Greene King.


Chegando ao fim da palestra/curso, já se ouvia o som do rock and roll que estava rolando no bar, provando a combinação perfeita do quesito Cerveja e Rock... Nós descemos as escadarias e a noite rolou a dentro regada à muita cerveja e petiscos deliciosos oferecidos pelo bar.


Os petiscos servidos no Happy Hour foram simplesmente magníficos. Veja só se não é de dar água na boca;


Parabéns à todos do Kekanto pelo evento. Parabéns também ao bar Bierboxx pela recepção e atendimento. Voltaremos outras vezes com certeza.


Faça o seu cadastro no KEKANTO, dê suas opiniões e ainda concorra a prêmios 
SITE: http://br.kekanto.com/
BLOG: blog.kekanto.com 
Sejam bem-vindos!

Bar Bierboxx
Rua Fradique Coutinho, 842 - Vila Madalena - São Paulo-SP
Ambiente: Cervejeiro
Faixa Etária: A partir de 18 
Telefone:             (11) 3805-0151

sexta-feira, 27 de maio de 2011

ÓPERA CAFÉ

Por muitos anos o local abrigou a famosa balada "Akazala" que foi inaugurado em 1986 e durou até meados de 2008, que sem mais nem menos acabou dando lugar ao The Ópera (A Balada) A reforma no local deu uma modernizada geral no ambiente. O Bar é "Open Air", e chama-se Ópera Café, com entrada independente da balada, pelo menos até o horário em que estivemos por lá.


Visitamos a casa em um final de semana qualquer e optamos em tomar uma boa cerveja gelada no Ópera Café, que tem uma ótima vista para a Avenida Hassib Mofarrej. Com um bom som ambiente e uma iluminação "esverdeada" é possível acompanhar a movimentação da balada ao lado. Já os mais animadinhos podem dar uma "esticadinha" por ali.


A primeira "coisa boa" aconteceu quando ao pararmos o carro na rua, próximo ao estabelecimento, não havia ninguém pedindo para olhar o carro... A segunda "boa coisa" foi que ao chegar no Ópera, nós recebermos o cardápio e vimos que os preços das cervejas eram extremamente convidativos, o que realmente é um padrão para a região e ótimo para o nosso bolso, uma vez que a cerveja é a mesma em qualquer lugar.


O garçom de cara já nos perguntou se queríamos o copo "sujo" para acompanhar a cervejinha, e também já fomos pedindo algo que me faz lembrar muito a época da faculdade (estudei em Ourinhos-SP), a famosa "Xuxinha". Trata-se de uma mistureba de limão com sal, que "puxa" uma cerveja que é uma beleza!!!... Só lá mesmo para rever isso. Eu me lembro que quando cheguei na capital, eu perguntava sobre isso para as minhas amigas e morria de vergonha, pois ninguém conhecia.


Para comer pedimos uma porção de fritas que estava muito boa... e aí papo vai, papo vem... naquele dia a casa não chegou a lotar, mas não esteve em momento algum vazia... depois de algum tempo resolvemos ir embora e aí para surpresa mais um dos sonhos paulistanos.... a conta veio exatamente com o que consumimos, não cobrando nada de 10%.


Se você pretende gastar pouco, estando em um barzinho chique, o local é no Ópera Café! Só preparem os casacos, pois como a cidade já está quase na disvisa do Paraná, lá o frio chega bem antes!


   Avenida Hassib Mofarrej, 1230 - Ourinhos -SP.
Ambiente: Jovem e Pré balada.
Faixa Etária: A partir dos 18.
Telefone: 14 3325 2500

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Vencedores do COMIDA DI BUTECO - Belo Horizonte 2011

Foi muito bacana saber que embora nós do CIA DOS BOTECOS tenhamos passado apenas alguns dias na capital mineira, provando apenas os petiscos de três bares participantes do evento desse ano, e indo a quatro bares, nós acabamos conhecendo dois dos cinco ganhadores. OBS: AS FOTOS BOAS NÃO SÃO NOSSAS, ELAS FORAM RETIRADAS DO SITE COMIDA DI BUTECO.

São eles:

1º Lugar: "Sonho Meu" - Bar do Zezé

Foto do Site Comida di Buteco
2º Lugar: "Comer, rezar e amar" - Autêntico's Bar

Foto do Site Comida di Buteco
3º Lugar : "Não Acredito" - Bar da Lora.

(Foto do petisco tirada por nós, em nossa visita ao bar).



4º Lugar: "Língua Serenada e defumada" - Curim Bar.

Foto do Site Comida di Buteco

5º Lugar: "Quatro de ouros" - Boteco da Carne.


(Foto do petisco tirada por nós, em nossa visita ao bar).


Parabéns ao vencedores e que venha o evento de 2012! Aliás, quem sabe no ano que vem não acontece na capital paulista também? Afinal, toda festa é muito bem vinda por aqui!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

CACHAÇARIA VILA REAL


Em meio à tanta movimentação de um festival de verão em Paraty-RJ, não tinha como resistir ao belos bares que tem por ali, ao começar pelos antigos casarões que são maravilhosos, lembrando muito cenários de novela.


Escolhemos o "Vila Real", que estava lotado. Para se sentar é um tanto difícil acomodar o pé da cadeira em meio aquelas pedras das ruas "pés de moleque" do Centro Histórico de Paraty, mas balança daqui, balança dali, e conseguimos nos acomodar... salto alto é algo que não sobrevive em Paraty.


Tínhamos acabado de chegar de viagem numa noite quente de verão e estávamos morrendo de sede de uma cerveja gelada, a garçonete nos trouxe o cardápio e já nos avisou que naquele dia não estavam com sistema para nenhum tipo de cartão, somente dinheiro ou cheque... achamos ótima essa atitude de já avisar no começo do atendimento, pois infelizmente já tivemos o azar de estar em algum local que faz esse comentário tão importante já na hora de ir embora, quando não dá para mudar mais nada.


No cardápio havia apenas Original.. e acreditem ou não, mas a única cerveja que não havia no bar era a própria Original! Tinha Skol, Brahma, Bohemia e nós fomos de Bohemia, fabricada em Niterói-RJ, quanta emoção!


O cardápio era simples demais, sem capa, sem fotos, sem história... na verdade não era um cardápio, e sim um apanhado de coisas que vendem no Vila Real, levando em consideração que éramos os únicos "made in Brasil" sentados ali, achamos que o Bar deveria tomar um pouco mais de cuidado nesse quesito.


Como o clima estava para peixe, nós pedimos uma casquinha de siri para acompanhar e estava ótima.
Não sabemos se foi o calor, a "secura" para beber uma cerveja gelada, mas achamos que a cerveja estava no ponto...e assim passamos algumas boas horas por ali.


Praça da Matriz - Centro Histórico - Paraty RJ
Ambiente: Estrangeiro
Faixa Etária: A partir dos 20
Telefone: ? 

terça-feira, 24 de maio de 2011

D'ARTAGNAN

Um bar/restaurante que se encontra ali na "esquina da azaração" no bairro Lourdes em BH... esse é o D'Artagnan.


Com uma fachada mais simples que os demais bares na vizinhança, é um casarão antigo com vários ambientes: deque, varanda e salão. O restaurante é muito arrumadinho com flores naturais e velas sobre as mesas.



Fomos recebidos por um garçom muito simpático, que nos acomodou em uma mesa com vista para o point da galera, ou seja, para a rua.

Embora o restaurante conte com uma boa carta de vinhos, para beber pedimos a cerveja Backer para homenagear a terrinha em que estávamos, pois essa cerveja é produzida ali mesmo em BH e é muito gostosa.


Para comer, fomos de "Gnochi de Porcini com Molho Parmegiano" como não estávamos com muita fome, perguntarmos se o prato dava para nós dois, e o garçom nos deu a opção de dividir o prato, porém cobrando 20% a mais, e foi o que fizemos.



O pedido veio super rápido, o que mostra eficiência da cozinha também.

 

Recomendamos o D'Artagnan principalmente para casais que gostam de um programinha mais reservado, ao clima de um excelente bistrô, mas sem estar longe da notável badalação do boêmio bairro Lourdes.


              Rua Tomaz Gonzaga, 607 - Lourdes - Belo Horizonte-MG
Ambiente: Casal
Faixa Etária: A partir dos 20 
Telefone: 31 3295-7878

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Verdelone
    Beer