quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

JECA JONES

Amigos do Cia dos Botecos, vocês já foram num boteco em que o cardápio a gente leva pra casa. Bom, no JECA JONES é assim. Localizdo no km 12 da Rodovia Raposo Tavares ao lado do Habbib's, o boteco é simples, grande e tem bons preços.

Rodovia Raposo Tavares km 12 - São Paulo-SP
Gastos (2 Pessoas): A partir de R$ 20,00
Ambiente: Para os que procuram alguma opção por aquelas bandas
Faixa Etária: Entre 25 e 45
Telefone: (11) 3726-1995 / (11) 2501-9974
Aceita cartões VISA e MASTERCARD
NOTA: 6,0

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

DON PANCHO

Amigos do Cia dos Botecos, hoje vamos publicar mais um post de um Blog parceiro nosso, se trata do Odisséia Gastronômica da blogueira Vanessa Fernandes. 

"Depois de uma semana cinzenta, o sol resolveu dar o ar de sua graça em pleno sábado. Não tive dúvida em sair pra mais comilanças por aí. Sem uma idéia específica na cabeça, só tínhamos uma certeza: ir pra Joaquim Távora, na Vila Mariana (SP). Nesta rua e em seus arredores, encontramos bares e restaurantes aconchegantes que dificilmente desapontam. Alguns exemplos destes lugares que eu recomendo são: Sobaria, Frutos do Cerrado, Bar da Vila e, principalmente, o La Cocina Espana. 

Como já havia escutado críticos gastronômicos elogiarem, paramos no recém-inaugurado Don Pancho, um bar-restaurante mexicano. Perfeitamente decorado com elementos da cultura mexicana e ao som do sensual Mariachi, a comida realmente não decepcionou. De entrada, o Guacalome estava saboroso e delicado. Mas o ponto alto foi a refrescante Margarita Frozen que estava, verdadeiramente, uma delícia.

Este prato chama-se Tacos Al Pastor. Muito comum nas ruas do México, as tortillas de milho recheadas com pernil marinado em laranja e pimenta são acompanhadas por 3 cumbuquinhas com abacaxi, cebola e coentro picadinhos. Ingredientes estes que ressaltam o sabor do pernil e contrastam com a crocante tortilla.
Na sobremesa, pra minha tristeza, fui informada de que os churros da Doña Florinda (como estava descrito no cardápio) não estavam disponíveis. Mas o diferente Papaya En Llamas correspondeu à altura. Pedaços de papaya e abacaxi grelhado são generosamente regados por uma suculenta calda de laranja com tequila e canela. Uma boa finalização de uma tarde deleitável.
Até a próxima, arriba muchachos!"

FOTOS:  Odisséia Gastronômica - Vanessa Fernandes

sábado, 25 de dezembro de 2010

DEVASSA - BELA CINTRA - Postado por Élder Puggina

Esse post é do pessoal do Buteko do Pingazilla, formado por Elder Puggina, Janaína Portela e por Guilherme Oide. Assim como o CIA DOS BOTECOS, o PINGAZILLA tá em tudo quanto é boteco.

Segue abaixo a experiência do trio:
Fomos conhecer a nova casa da Devassa na Bela Cintra, na sua semana de inauguração.


Pode-se dizer que foi um amor a primeira vista. Um bar totalmente estiloso, muito bonito, cheirando a novo!!! Sua fachada exuberante, muito atrativa é um convite para que as pessoas entrem nessa maravilhosa cervejaria.


A recepção é um show a parte, a hostess se identifica e nos conduz até a nossa mesa. De lá ela passa a bola para um garçom que também se identifica. Algo muito importante a se dizer é que o atendimento é biliíngue. O garçon fala português e inglês. E talvez mais alguma língua.


O ambiente é bem aconchegante, tendo dois andares e um ambiente externo disponíveis para o seu público. A decoração está repleta de quadros da Devassa!



Mas vamos ao que importa, os chope! Tem todos os estilos: Pilsen, Trigo, Pale Ale (2 tipos dessa) e Escura. Na casa são chamadas de Loura, Sarará, Ruiva, Índia e Negra. Os preços variam de R$ 4,90 (Loura), R$ 5,40 (Índia, Ruiva, Negra) à R$ 8,10 (Sarará).


Foi a primeira vez que experimentamos a Sarará e é realmente muito gostosa! Refrescante e saborosa. Desce muito bem. Mas a Ruiva e Loura não decepcionam também. Ótimo chope. Todo chope é corretamente servido no seu devido copo.


O cardápio da casa é bem completo, e os petiscos contam com nomes bem curiosos e extravagantes. Pimentinha, Bem Dotado, Piu Piu, etc. Podemos encontrar peixes, carne, pastéis, linguiças, camarões entre muitas outras coisas. A casa também conta com pratos e pizzas feitas com massa de tapioca. Ótima diversidade e preços bem honestos! Outro fator positivo do cardápio são as sugestões de tipo de chope para acompanhar a cada petisco. Todos vem com sugestão para fazer uma boa harmonização prato x chope!


Experimentamos os petiscos Pimentinha, que são croquetes de carne apimentados com molho de mostarda escura. Uma delícia! Não dá vontade de parar de comer. O preço sai por R$ 23,90.


Depois pedimos o Bem Dotado, meio metro de linguiça acompanhada por pães. R$ 21,90.


Resumindo, foi uma deliciosa experiência que ganhou dois novos fãs! É uma cervejaria pra ser curtido muitas e muitas vezes!





Cervejaria Devassa – Bela Cintra

Rua Bela Cintra, 1579 – Jd. Paulista
Telefone: (11) 3081 6081 / (11) 3081 6081
http://www.devassa.com.br/

FOTOS: ELDER PUGGINA - BUTEKO DO PINGAZILLA

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

BAR PRAÇA

Amigos do CIA DOS BOTECOS, hoje vamos colocar um post da TATI CAMPÊLO, obviamente com sua expressa autorização aqui no Blog.

"Um dia desses fui com a Bel, o Reinaldo e o Luíz no Bar Praça.




Para disfarçar a fome pedimos uma porção de polenta frita


Mas não chegou nem perto do suficiente


Pedimos então uma porção mista de grelhados na chapa (picanha, frango, calabresa e mandioca salteada)


Ahhh, agora sim. Veio acompanhando pão, farofa e vinagrete, ótimo


Ai começou a tocar uma banda de samba (banda Praça do Samba), confesso que não sou nada fã e me incomodo um pouco. Mas a Bel gostou bastante


Depois eu ainda pedi de sobremesa uma tapioca de brigadeiro com morango, que estava uma delícia."


Bar Praça - $$$
http://www.barpraca.com.br/
Rua Aspicuelta, 585 – Vila Madalena
Fone: (11)3032-7107 (11)3032-7107

Fotos: Tati Campêlo - Blog Gastronomia & Fotografia.

sábado, 18 de dezembro de 2010

PÍER 1327


Para um bom bebedor, meia palavra basta: PÍER 1327.


Amigos do CIA DOS BOTECOS e apreciadores de cervejas especiais, eu tive oportunidade por esses dias de participar de um curso de Mestre Cervejeiro no tradicional PÍER 1327. Foram 8 horas dividido em 2 dias de puro aprendizado com o mestre cervejeiro JAIME.




Mas hoje eu NÃO vou falar do curso de cerveja, até porque eu ainda acho que tenho que aprender muito e se eu for falar alguma coisa aqui é capaz de falar besteira. Então vamos falar do Boteco PÍER.


Por fora ele tem uma fachada muitíssimo estreita, assim como outros botecos da famosíssima Joaquim Távora na Vila Mariana. Ainda se tratando da fachada, a varanda é o charme do PÍER, apesar do excesso de propaganda HEINEKEN.


Por dentro apesar de simples, o boteco é um antro pra quem curte cervejas. Lá é possível tomar cervejas de tudo quanto é canto. Por exemplo que tal tomar uma Monasterium de Ribeirao das Neves-MG por R$ 81,00 ou uma Belga DUVEL da cervejaria Mootgat.


Pra quem só conhece Melograno e Frangó, fica aqui uma nova dica pra abrir o leque de opções cervejeiras de São Paulo.


Dentro do Píer 1327 tem poucas mesas, mas tudo é como tem que ser. As cervejas são servidas no copo correto. Você nunca irá tomar uma Colorado numa caldereta da Brahma, muito menos tomar uma Guinness num copo de Erdinger. Esses deslizes não acontecem por ali, pelo menos a gente não presenciou esse tipo de coisa.


Gostamos das opções de comidinhas do Píer 1327. Fomos de bolinhos de bacalhau (8 unidades). O produto era industrializado, mas importado. Não comprometeu e achamos gostosos sim. O azeite na mesa era Extra Virgem, ainda bem, pois deu um gosto especial para os bolinhos. Também encontramos alguns espinhos, mas foram poucos.


Outra comidinha que experimentamos foi a calabresa com queijo provolone e orégano. Gostamos bastante também. Veio fervilhando e foi assim até o final.


Pra beber HEINEKEN de R$ 7,50 a garrafa. Malte, Lúpulo, Água e mais nada.


No Píer 1327 há um andar superior com bastante espaço, diferentemente do andar inferior. Rótulos, emblemas, muitas, mas muitas marcas de cerveja nas paredes fazem do ambiente uma espécie de PUB. Faltou um som ROCK and ROLL por ali. Com certeza seria um diferencial ali na região.


O PÍER fica ao lado do mexicano DON PANCHO e em frente ao BAR DA VILLA. A localização é excelente. Não é tão fácil estacionar o carro por ali, mas é mais fácil do que estacionar em MOEMA.


O atendimento é legal, os garçons são bem treinados e sabem tudo sobre cerveja. É só puxar assunto com os caras. Quer tomar uma excelente cerveja artesanal, peça para eles alguma cerveja fabrica no próprio PÍER. Ela vai sair por R$ 15,00, mas é uma cerveja de qualidade.


Resumindo o PÍER é um boteco bacana pra tomar uma cerveja e aperitivar. Se o JAIME tiver por ali, tire suas dúvidas sobre cervejas. Aproveite para experimentar coisas novas. Tomar uma Original ou uma Bohemia por ali é pecado mortal.


Rua Joaquim Távora,  1327- São Paulo-SP
Gastos (2 Pessoas): A partir de R$ 30,00
Ambiente: Cervejeiros
Faixa Etária: A partir de 30
Telefone: (11) 2597-7231 ou (11) 5539-6213
Aceita cartões VISA e MASTERCARD
NOTA: 9,5

CIA DOS BOTECOS - Novidades 2011

Olá amigos do CIA DOS BOTECOS, nós estávamos pensando em algumas novidades para 2011. E aos poucos vamos publicando nesse humilde espaço.


Aí vai a primeira novidade: a gente cansou de por só post nosso, então que tal vocês nos ajudarem enviando o seu post. Um texto qualquer (simples, grande, complexo, do jeito que vocês quiserem) contando a sua experiência no Boteco. Pode ser sobre qualquer boteco, inclusive aqueles que a gente já visitou. Mas não esqueçam de nos enviar fotos ilustrativas para anexarmos ao post.


Os textos serão pré avaliados e publicados sem discriminação.

Enviar para ciadosbotecos@gmail.com 

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

ZUR ALTHEN MUHLEN

Amigos botequeiros dos CIA DOS BOTECOS hoje vamos falar alemão, ou melhor falar de um boteco alemão, localizado na turística cidade de Embu-SP, se trata do ZUR ALTEN MUHLE, traduzindo o nome significa: "Moinho Velho"


Na verdade existem dois botecos desses. Um fica no bairro do Brooklin em São Paulo e o outro fica em Embu, mais conhecida como Embu das Artes-SP


O  ZUR ALTEN MUHLE de Embu é menos luxuoso, comparado com seu irmão de São Paulo e também não tem uma culinária exclusiva alemã. O motivo é que na cidade de Embu passam muitos turistas de fora do país e por isso eles tem que dar uma atenção especial na gastronomia brasileira. Pra quem não sabe até o Mick Jagger já foi em Embu, no restaurante Empório São Pedro na viela das lavandeiras.


Já que o forte do  ZUR ALTEN MUHLE é a comida brazuca, então nada mais justo do que comer uma feijoada.


O dia estava bem quente (sábado de sol), ou seja, não era tão propício para uma feijoada, mas resolvemos arriscar. Na verdade chegamos em Embu com esse objetivo.


Fomos recepcionados por um dos donos e que de cara nos falou dos mais de 30 anos do  ZUR ALTEN MUHLE e das especialidades alemã que eles são peritos, além das comidinhas brasileiras. Ele nos aconselhou uma feijoada light que estava com o preço excelente.


Antes andamos pelo bar para bater umas fotinhos. Pra beber fomos de Chopp Brahma e Paulaner Weiss. Ambos servidos devidamente no copo correto e bem gelaaados. Nada mais justo para o calor que estava fazendo.


A feijoada chegou rápido e pouco tempo depois já suávamos comendo aquela suculência engordativa master. A feijoada veio com tudo que tinha direito: torresmo, laranja, couve, bisteca, etc. Tudo isso fervilhando.


O que faltou para o  ZUR ALTEN MUHLE foi um ar condicionado. Pois o teto é baixo, do tipo taverna. Bom pra tomar cerveja...muita cerveja. O Boteco não tem a mesma badalação de seu concorrente direto em Embu, o tal do GARIMPO, que é mais popular na cidade. Mesmo assim, o boteco alemão não faz feio. De sexta-feira tem som ao vivo, inclusive nas sextas o som ao vivo é comandado por uma cantora do Bar Brahma. Méritos para o garçom Joel que nos atendeu de maneira brilhante, não cometendo nenhum deslize.


Rua Belo Horizonte, 66 - Embu das Artes-SP
Gastos (2 Pessoas): A partir de R$ 40,00
Ambiente: Almoço e Cervejeiros
Faixa Etária: A partir de 26
Telefone: (11) 4704-7568
Aceita cartões VISA e MASTERCARD
NOTA: 7,8

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

BOTECO COUTINHO


Um domingão ensolarado pedia um grande boteco num grande bairro: então escolhemos um boteco que já visitamos uma vez e gostamos muito...o Boteco Coutinho na Vila mais famosa do Brasil, a Vila Madalena.


Chegamos por volta das 15h45 e de cara vimos um cartaz no Boteco que dizia que até às 16h tem Bohemia em dobro, ou seja, você pede 1, ganha outra.


Mas a gente tinha comprado o voucher do GROUPON ou Clube Urbano e tínhamos direito a um baldinho de Bohemia, com 4 garrafas de 600 ml mais uma chapa mista. Tudo isso por míseros R$ 29,00.


Só a chapa custava R$ 57,00 e o baldinho tava saíndo por 24,00. Foi um mega desconto. Esse realmente valeu a pena. Quem não comprou pode chorar, porque perdeu uma excelente oportunidade.


Era um dia realmente muito quente. Começamos arrepiando as Bohemias. E o garçom nos alertou pra quando quiséssemos a chapa era só pedir. Depois da 1ª cerveja, pedimos a tal chapa.


Uma senhora chapa com picanha, fraldinha, frango e calabresa. A chapa chega na mesa no "esqueminha rechaud" e aí é só acertar o ponto das carnes. Teve uma hora que bateu um ventinho e o fogo do rechaud pegou nos guardanapos da nossa mesa, quase colocamos fogo no Boteco Coutinho. Meu Deus!!!


E os acompanhamentos estavam bem gostosos também.


No Boteco Coutinho há diversidade de cervejas e diversidade de petiscos. Eles fazem um estilo boteco antigo e esse estilo dá certo. Mas tudo é bem arrumadinho. Os donos são os mesmos do chiquérrimo PÉ DE MANGA. Inclusive quando você liga no Coutinho, muitas vezes o pessoal atende como sendo o Pé de Manga.


Resumindo o Boteco Coutinho é aqueles Botecos que você tem que conhecer. Inclusive ele era uma das nossas apostas para o Boteco Bohemia 2010, mas ficou só na aposta já que o concurso acabou. Ele é um botequim estiloso, clima antigão, boas cervejas, petiscos diversificados.



Rua Fradique Coutinho, 1074 - Vila Madalena - São Paulo-SP
Gastos (2 Pessoas): A partir de R$ 30,00
Ambiente: Almoço e Happy Hour
Faixa Etária: A partir de 28
Telefone: (11) 3031-6586
Aceita cartões VISA e MASTERCARD
Nota: 8,0

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Verdelone
    Beer