segunda-feira, 29 de novembro de 2010

SAFARI


Botequeiros de plantão, o Boteco de hoje é show, e bota show nisso, nós estamos falando do SAFARI.


O SAFARI é outro clássico da Vila Capivari e portanto o CIA DOS BOTECOS tinha que dar uma passadinha por lá pra conferir mais esse Boteco Chique.


Localizado de frente com o Mercearia e ao lado do Boteco da Baden Baden, o SAFARI não perde a pose perto dos seus amigos gigantes.


Logo no primeiro dia de Campos do Jordão, já tínhamos passado pelo Pastelão do Maluf, mas tava na hora do verdadeiro Boteco. As opções eram muitas e o que nos chamou a atenção foi o SAXOFONE. Tocado com extrema maestria resolvemos parar. Eram umas 17h de um sabadão e o SAFARI era o único a ter música ao vivo.


O som era sofisticado, rolava de Roberto Carlos até MPB clássico. O cara do Sax era uma fera. Combinava muito com o SAFARI (Olha o trocadilho).


Sentamos em uma das diversas mesinhas da calçada, pois era ali que estava rolando o showzinho e nós queríamos ver o agito de Campos do Jordão. Dentro do bar, me pareceu ser tudo muito temático, mas deixamos para conhecer numa próxima visita a suiça brasileira.




A cerveja que rola nesse Boteco é EISENBAHN. Fazia muito tempo que não nos esbaldávamos nessa deliciosa cerveja. Fomos de Pale Ale até o fim. Pra comer, escolhemos um delicioso petisco de pizza. É de dar água na boca. Uma pena é que ela esfriou tão rápido, com certeza deve ter sido o dia quente 11ºC.


Resumindo, o forte do SAFARI é a música ao vivo. A noite quando passávamos lá perto, o som estava a todo vapor. Outro ponto forte é a cerveja EISENBAHN (cerveja artesanal fabricada em Blumenau-SC) que predomina nas mesas do boteco. As mesinhas são espaçosas e a decoração do Bar é outro show, mas isso a gente conta em uma outra visita a Campos do Jordão.


Rua Djalma Forjaz, 139 - Vila Capivari - Campos do Jordão-SP
Gastos (2 Pessoas): entre R$ 30,00 a R$ 70,00
Ambiente: Música ao Vivo
Faixa Etária: todas
Telefone: (12) 3663-4936
Aceita cartões de crédito VISA e MASTERCARD
Nota: 9,7

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

BADEN BADEN


Hoje é dia de clássico: Baden Baden. Vamos falar da visita que fizemos ao santuário dessa deliciosa Microcervejaria ou melhor da Fábrica.


A Baden Baden nasceu em Campos do Jordão-SP em 1999 e em 2007 foi comprada pelo Grupo Schincariol.


Apesar de ser comprada por uma grande cervejaria, a Baden Baden continua sendo fabricada exclusivamente em Campos do Jordão de maneira artesanal.


Agendamos a visita em Junho para Novembro. Exageramos um pouquinho, não precisa de tudo isso, dá pra agendar próximo a sua viagem, mas é que esse era um passeio que a gente queria fazer muito mesmo.


A nossa visita aconteceria por volta das 11h de um belo Domingo. Chegamos cedo pra desfrutar de todo ambiente, além de bater as clássicas fotinhos. Apesar de bem arrumadinha, a microcervejaria Baden Baden é simples mas tudo muito bonito e organizado.


Ficamos impressionados como uma cerveja tão conceituada e com ótima distribuição em São Paulo é fabricada num lugar tão pequeno. Lugares TOP para se tomar uma autêntica Baden Baden em Sampa: Salve Jorge, Melograno, Frangó, e vários outros.


Na chegada realizamos um cadastro rápido e recebemos 2 Vale Chopp's cada um, sendo um Bock e outro Cristal (a pilsen da Baden Baden). Também recebemos um Vale Brinde cada um. Estávamos na torcida para que fosse um copo.


A instrutura nos chamou e pediu para que entrássemos na fábrica. Na verdade ficamos num corredor largo, onde havia toda a história da Baden Baden nas paredes. De lá era possível ver várias partes da Microcervejaria.


Nos foi explicado sobre cada ingrediente da cerveja ( na foto aparecem os ingredientes), assim como foi possível experimentá-los. A instrutora nos falou do passo a passo da fabricação.


A etapa seguinte foi melhor: Beber e Beber. Parte chaaaata.


A Cristal é nota 10. Chopp claro do tipo Pilsen. Não é tão cremoso quanto um Brahma, mas o aroma e o sabor agradam bastante.


Já a Bock possui como ingrediente o açucar mascavo, o gosto é forte demais e o aroma é do tipo tostado.


A visita foi um sucesso, havia cerca de 30 pessoas e temos certeza que todos saíram satisfeitos. Depois da degustação de Chopps ganhamos o que mais queríamos: as tulipinhas da Baden Baden Tour.


Acreditados que tenha faltado na visita a presença de um ilustre mestre cervejeiro, pois daria mais credibilidade a visita, além de poder estar tirando todos os tipos de dúvidas com mais propriedade no assunto. No restante foi perfeito.


Conhcer a fábrica da Baden Baden é com certeza uma opção fantástica pra quem vai a Campos do Jordão. Não perca essa chance se você tiver por aquelas bandas.



Avenida Matheus da Costa Pinto, 1653 - Vila Santa Cruz - Campos do Jordão-SP
Gastos (2 Pessoas): exatos R$ 20,00
Ambiente: Degustadores, Apreciadores, Aprendizes de Mestres Cervejeiros, Curiosos, Turistas, Cachaceiros, etc.
Faixa Etária: todas
Telefone: (12) 3664-2004
Site: www.cervejariabadenbaden.com.br 
Aceita cartões de crédito VISA e MASTERCARD
Nota: 9,9

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

PASTELÃO DO MALUF


Chegamos em Campos do Jordão com um objetivo bem definido: "comer o tal do pastelão do Maluf". Obviamente não fomos lá só para isso, mas dentre as N coisas imperdíveis da cidade, uma delas com certeza era a pastelaria.


E não foi muito difícil localizar o Pastelão do Maluf, pois o mesmo se encontra em uma das principais e mais povoadas avenidas de Campos de Jordão: a famosa Macedo Soares. Na verdade não sabemos qual é realmente o nome do estabelecimento, pois na fachada está escrito Pastelão 46, tem lugar que fica escrito Pastelão dos Artistas, mas o Brasil conhece a pastelaria como o Pastelão do Maluf.


Ao chegamos no Boteco ficamos impressionados com as fotos das diversas personalidades que já passaram pelo Pastelão do Maluf. Entre eles: João Doria Jr, Sabrina Sato, Geraldo Alkimim, diversos globais, outros políticos, muitos jogadores de futebol, etc. O dono está presente em praticamente todas as fotos ao lado das celebridades.


Ficamos um pouco perdidos ao chegarmos, pois escolhemos uma mesa e esperamos o garçom, depois de um tempinho foram nos avisar que tinha que pedir no caixa e pagar na hora. Outro ponto negativo são as mesas apertadíssimas, uma colada na outra. É impossível andar no meio delas. É ver pra crer.


Pedimos um pastel chamado Pastelão do Maluf 3, o conteúdo era ovo, carne e bacon. O pastel tinha 28 cm, portanto pedimos somente 1 pra duas pessoas. E foi mais que o suficiente. Acabamos não tirando a tradicional foto com o pastelão na mão, mas a gente volta pra tirar essa bendita foto.


A cerveja era Itaipavinha, uma long neck reduzida, que você bebe numa "golada". Como a massa do pastel é um pouco grossa, o segredo é tomar refrigerante pra ajudar a descer.


O mais impressionante é que a hora que chegamos, praticamente não tinha ninguém... e de repente o estabelecimento lotou.
O negócio ali é tão bom, que saímos de lá meio "avoados" e a Vânia esqueceu a bolsa na cadeira. Quando voltamos ela ainda estava lá. Ainda bem.


Avenida Macedo Soares, 134 - Vila Capivari - Campos do Jordão-SP
Gastos (2 Pessoas): entre R$ 15,00 a R$ 45,00
Ambiente: Famintos
Faixa Etária: todas
Telefone: (12) 3663-3590
Site: Não achamos
Aceita cartões de crédito VISA e MASTERCARD
Nota: 9,0

sábado, 20 de novembro de 2010

MERCEARIA CAMPOS


Vamos começar a falar sobre o MERCEARIA CAMPOS BAR, um boteco descontraído destinado as pessoas que procuram "estar no agito" e ao mesmo tempo ter conforto.


Assim como todo boteco que se preze em Campos do Jordão, no Mercearia Campos há inúmeros aquecedores para aqueles dias realmente frios. No dia em que estivemos na casa, eles estavam ligados, pois estava realmente frio, com os termômetros marcando na casa dos 8 graus, mas isso em pleno mês de Novembro, imagine o quanto eles são úteis lá na alta temporada em julho, onde o frio é de matar?


Na dúvida de onde petiscar um Fondue de Campos do Jordão, acabamos optando pelo Bar Mercearia Campos, uma vez que ele está no coração do Capivari... e foi ótimo.


O garçom que nos atendeu era excelente e muito ágil. Não nos deixou com nenhuma dúvida: Baldinho de Bohemia Long Neck e um Fondue Misto de Carnes.


Observando as mesas ao nosso redor é possível ver a diversificação gastronômica que o boteco oferece. É tudo de dar água na boca.


Com um couvert artístico "mega acessível" pudemos ouvir um som ao vivo bem bacana com muito POP/ROCK. Mas infelizmente o MERCEARIA CAMPOS fecha cedo, por volta da meia noite, diferentemente de seus concorrentes que dão uma esticada até às 2h.


O MERCEARIA CAMPOS é espaçoso e muito confortável. Os valores são do tipo: "Campos de Jordão", ou seja, carinhos para os padrões normais e em alta temporada podem chegar a ser absurdos.


Acreditamos que seja totalmente válido dar uma passada no Mercearia Campos Bar, nem se for somente pra tomar um cervejinha e apreciar a belíssima vista do cerne da Vila Capivari. 


Com certeza o MERCEARIA CAMPOS é um boteco pra quem quer ver e ser visto.


Rua Vitor Godinho, 25 - Vila Capivari - Campos do Jordão-SP
Gastos (2 Pessoas): a partir de R$ 100,00
Ambiente: Descontraído
Faixa Etária: de 21 a 60 anos
Telefone: (12) 3663-1252 / (12) 3663-1253
Aceita cartões de crédito VISA e MASTERCARD
Nota: 9,3

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

OPIUM SOLARIUM


Olá amigos do CIA DOS BOTECOS, hoje vamos falar sobre a inauguração da casa noturna OPIUM SOLARIUM, antigo Hi-FI (Brooklin), dos mesmos proprietários do CABARET (Brooklin).


O nome é um pouco complexo, mas não se assustem, pois dá pra resumir em simplesmente OPIUM ou antigo Hi-FI. 



Conseguimos 2 VIP's através do site de baladas NIGHTBOX, especializado em baladas chiques. Chegamos por volta das 23h e estava completamente vazio, logo fizemos amizade com a Érica, que nos fez companhia até a abertura da balada.


Ficamos preocupados inicialmente, mas logo se formou uma fila e liberarem a entrada. A fachada é simples, mas bem arrumadinha. Mas acreditamos que poderiam ter caprichado um pouquinho mais na fachada.


Assim que entramos no OPIUM podemos notar facilmente o amplo espaço oferecido aos cliente. As paredes lembravam muito a decoração da casa D-EDGE na Barra Funda. Lá dentro há espaços sofisticados, outros nem tanto.


Dizem que a casa foi inspirada na OPIUM de Barcelona, mas não podemos afirmar se isso realmente acontece, pelo menos por enquanto. Em São Paulo, há uma onda dessas baladas que vem de fora do país ou se inspiram nelas e tentam fazer um estilo: "aqui só tem endinheirados", e a OPIUM se esforça pra cumprir esse papel.


A OPIUM tem 2 andares, além de um terraço. Também tem 2 bares simples, sendo um localizado no 1º andar e outro no terraço. Tudo bem organizado. As escadas são largas, ou seja, não tem muito esbarra esbarra.


O preço da cerveja é exorbitante pra variar. Aqui a OPIUM quebrou o recorde no preço da cerveja: Long Neck Bohemia R$ 12,00. ABSURDO!!!


O som é o grande diferencial da casa. O DJ inicial explora bem a HOUSE MUSIC, tocando o que há de mais conhecido. Infelizmente demoramos para descobrir o nome do DJ (FERNANDO BIANCHINI), pois o site da OPIUM ainda está em construção.


Após a apresentação do DJ, vem um verdadeiro show a parte. Uma cantora, um guitarrista e um outro DJ tomam conta da casa tocando diversas músicas, incluindo CHER, MJ, entre outras. Tudo muito animado. Vale muito a pena. Ponto positivo pra casa.


Colocando tudo na balança o saldo foi positivo: entrada free, paredes decoradas, som de qualidade, ambiente espaçoso, 3 andares, entre outras. Os pontos fracos ficam por conta do preço da cerveja, site em construção.


Localização: Praça Professor Lannes, 46 - Brooklin - São Paulo-SP
Gastos (2 Pessoas): a partir de R$ 50,00
Ambiente: Arrumadinhos
Faixa Etária: de 18 a 30 anos
Telefone: (11) 5505-1999
Aceita cartões de crédito VISA e MASTERCARD
Nota: 7,4

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Verdelone
    Beer