terça-feira, 29 de junho de 2010

Petiscos - Parte II

Mais um post do Cia dos Botecos pra dar água na boca.

Não estamos aqui avaliando o petisco em si, apenas mostrando que "uma imagem vale mais do que mil palavras".


Barbirô, e seu COCORICORNota 9,9


All Black, e sua ASINHAS IRLANDESAS PICANTESNota 8,0


Dedo de Moça, e sua CAPA DO CAFU RECHEADANota 9,8




São petisco que chegam na mesa derretendo, quentinhos e muito suculentos. Vale cada centavo investido nessas comidinhas. Dúvida? É provar pra ver.

domingo, 27 de junho de 2010

Don Pancho

Amigos do Cia dos Botecos descobrimos uma nova concentração de bares em São Paulo. Que maravilha!

Estamos falando da Zona Sul, mais especificamente da Vila Mariana. Através do site APONTADOR (Nosso parceiro) desbravamos a Rua Joaquim Távora.

O Boteco de hoje é Don Pancho! Um autêntico bar / restaurante MEXICANO. Mas é bar ou é restaurante? Esse é o dilema do Don Pancho e nós já vamos explicar para os caros leitores.


Uma coisa importantíssima pra se falar: O Don Pancho tem cerca de 1 mês de vida. O dono é mexicano e se chama Javier Valero e dizem que ele fica na cozinha, mas não sabemos se é lenda ou é fato. Detalhe: O "cara" é engenheiro, mas estava sentindo falta das delícias mexicanas e foi assim que surgiu o Don Pancho.


Saímos na direção da Rua Joaquim Távora, ali na populosa Vila Mariana e tivemos uma grata surpresa, pois não conhecíamos muito aquela região de São Paulo e começamos a ver botecos e mais botecos. Vimos o famoso Genuíno, o Paróquia, Bamboo, Bar da Vila, Don Pancho, La Cocina Espana, entre vários outros que não estamos lembrando o nome, sendo um mais bonito que o outro. Incluímos essa rua no nosso roteiro de botecagem.


Ao ver o Don Pancho, já estava escolhido o boteco, não tinha erro. Quando entramos ficamos um pouco receosos, pois aquilo tinha todo um estilo de Bar-Chique-Mexicano, mas as mesas e o pratos sofisticados que saíam da cozinha nos faziam pensar que estávamos num restaurante fino.


A música de fundo era típica mexicana e as toalhas nas mesas com as cores do México e outras com cores vibrantes faziam a diferença.  Na trilha sonora Mariachi, entre outros ritmos que nós desconhecíamos. Um televisor no alto nos fez lembrar do jogo México e Argentina desse domingo.


Os garçons não estavam vestidos à caráter, eles usavam uniformes verdes Heineken. Lá tudo é Heineken. Se você quiser uma Original, Bohemia ou Serra Malte, esqueça, pois lá não tem AmBev.


O Cardápio é obviamente como tem que ser: Mexicano do começo ao fim. Os garçons nos auxiliaram toda vez que perguntamos ou pedimos ajuda. Muito bem feito, o cardápio poderia ter um pouco mais de fotos, mas é extremamente detalhado.


Há um rodízio de comidas mexicanas que custa R$ 32,50 por pessoa, onde é possível experimentar diversas comidinhas.


Fomos de Fajitas. Não somos especialistas em comidas mexicanas, mas não precisa conhecer muito pra falar que esse prato é impecável.


São tiras de Filet Mignon assadas na chapa com cebola e pimentão. Vai encarar? Calma, tem mais. Acompanha um arroz mexicano, frijoles fritos, pico de galo e guacamole. Tem também salsa verde, sour cream, salada de alface e seis tortillas de trigo. Um prato delicioso que serve duas pessoas fácil. 


Pra quem gosta de tequila, que não é nosso caso, Don Pancho é o lugar certo, são mais de 20 tipos pra te deixar pra lá de Bragadá.


Os garçons foram tão atenciosos conosco que nos mostraram diversos sombreiros, além de serem os responsáveis pelas nossas melhores fotos. 


Nas paredes do Don Pancho há cactos, artesanatos, sombreiros e cores vibrantes. Uma excelente opção num efervecente quarteirão na rua Joaquim Távora.


O Don Pancho é um lugar gostoso, bom pra assistir um México x Argentina. Diversas opções de comidinhas típicas e bebidinhas características mexicanas, incluindo não só tequilas, mas também cervejas. Um ambiente escurinho, perfeito para casais apaixonados que são embalados ao som de uma trilha sonora com muito mariachi. Quer impressionar sua mulher, noiva ou namorada. DON PANCHO.

Arriba e Arriba Muchacho.


Localização: Rua Joaquim Távora, 1315 - Vila Mariana - São Paulo
Gastos (2 Pessoas): de R$ 50,00 até R$ 80,00
Ambiente: Casal / Família
Nota: 9,6

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Petiscos - Parte I

Galera do Cia dos Botecos, hoje o post é de dar água na boca. Duvidam? 

Vamos mostrar pra vocês entre uma resenha de boteco e outra, algumas fotos de petiscos. É de babar ou não é? Seguem 3 Fotos prá lá de especiais de botecos que nunca escrevemos aqui no Cia dos Botecos, mas que valem a pena vocês conferirem.

Bar do Ton, e seu PERNIL À GAÚCHA. Nota 9,3


Bar Vaca Véia, e seu ESTUFADINHA DA VACA. Nota 6,3


Caldeirão da Vila, e sua BATATA CALDEIRÃONota 8,8


E aí? O que acharam? Dá pra encarar? A grana $$$ tá curta? Saibam que esses deliciosos petiscos saem entre R$ 20,00 e R$ 25,00. 

Agora já pensou em comer uma porção suculenta e assistir ao jogo do BRASIL nessa Copa do Mundo em um Boteco? 

Bom, então vamos aproveitar esse post  para contar que fizemos uma parceria com o site APONTADOR e eles tão com uma promoção bem bacana: Dêem uma olhada AQUI.


segunda-feira, 21 de junho de 2010

BAR DO ELIAS


Amigos leitores! Cia dos Botecos tá na área, se derrubar é penalti e se a bola bater na mão tá valendo. É gol, na verdade é golaço.

Alguém aí sabe onde fomos assistir o jogo da Seleção Brasileira


Escolhemos um boteco tradicional, aquele típico futebolístico, como dissemos no post anterior, escolhemos um boteco que tá acostumado com a "coisa". 

Resolvemos dessa vez evitar a movimentada e badalada Vila Madalena por alguns motivos simples: transito, alto preço sendo cobrado para entrar nos bares, a dificuldade que é estacionar nos arredores do boteco que você escolhe, entre outros motivos. 


Então jogamos o endereço no APONTADOR e pronto. Seria facinho chegar.

O boteco escolhido foi o Bar do Elias

O que? Vocês não conhecem? Uma coisa é certa, o bar é simplesmente SENSACIONAL. Quem nunca ouviu falar não sabe o que está perdendo.


O Bar do Elias tem um gravíssimo problema, mas por ser COPA DO MUNDO eu deixei passar batido. O Boteco é reduto de PALMEIRENSES. Sim, o Boteco fica em Perdizes nas proximidades do Parque Antarctica. Mas é especializado em FUTEBOL. 


Chegamos na Rua Caraíbas e facilmente estacionamos o carro no mesmo quarteirão do Bar do Elias e graças a Deus não havia flanelinha. Acho que a campanha do Danilo Gentili contra os flanelinhas nos seus shows de Stand Up estão funcionando. Mas de cara nos assustamos com a gigantesca bandeira brasileira fantasiada de bandeira do palmeiras.  Sim, era uma bandeirola do Brasil, mas no meio ao invés do circulo azul, havia o símbolo do Palmeiras. Terrível, principalmente para quem é São Paulino. Evitamos tirar foto dessa parte para evitar traumas futuros. 


Entramos e nos encantamos com o ambiente pró Brasil Copa do Mundo. Muito bem decorado, tudo verde e amarelo e dá-lhe vuvuzelas. 

Nosso nome estava lá. RESERVADO. A Hostess nos disse para procurar a mesa nº 2, e foi aí que descobrimos e nos encantamos ainda mais com o Bar. Havia diversos ambientes. Um boteco prá lá de grande e esse foi um dos motivos para a gente não conseguir achar a nossa mesa. Na verdade nós achamos, mas demorou. 


Ufa, até que enfim, vimos nosso nome na mesa e não era a nº 2 e sim a nº 29. Um pequena confusão, mas que não causou nenhum transtorno, pois era dia de Jogo da nossa Seleção e como diria a música do Silvio Santos, a gente estava em ritmo de festa........


Percebemos a grande movimentação dos garçons. Eles deixaram transparecer um pouco o excesso de preocupação com os clientes e isso foi bom, pois mostrou que o atendimento é cuidadoso e eficaz. Até mesmo na hora em que a Choppeira encrencou e parou de funcionar, os garçons se mostraram atenciosos com os clientes oferecendo outras opções de consumo. Mas obviamente nada batia o Choppinho naquele momento.


Faltavam uns 5 minutos para começar o jogo e dava pra sentir um clima no ar. O dia estava diferente, não estava normal. Havia um algo a mais.....uma sinergia entre a torcida.

Fogos de artifício esporádico eram escutados, a concentração da torcida era percebida e as Vuvuzelas, bom, as vuvuzelas um capítulo a parte.

O jogo ia começar.

Futebol, uma paixão. Aqui é Brasil!

Bola rolando, a emoção a flor da pele e mais 100 pessoas gritando no Bar do Elias. Estava escrito: ia ser bom demais. Futebol, apesar do pesares, uma paixão louca!!!


O BAR DO ELIAS fez a sua parte com eficiência oferecendo um ambiente primoroso e sofisticado. Agradou na decoração e o cardápio que nós sempre cobramos para melhorarem, aqui se mostrou extremamente bem feito e de excelente conteúdo, principalmente nos petiscos. 


O Chopp era Germânia, servido numa caldereta de 330 ml, com pouca espuma, pouca mesmo. A promoção para os jogos  do Brasil foi DOUBLE CHOPP: pedia 1, levava outro. Ou seja, R$ 4,90 por 2 Chopps. Excelente. 


Como havíamos almoçado às 13h30, não estávamos com fome. Tá certo que quando vimos uma picanha no réchaud deu água na boca, mas seria exagero total pedir um prato desses. Então fomos de um belisco tradicional: Polenta e dá-lhe chopp. 


A polenta (com queijo) veio sem sal, até aí normal, mas o saquinho de sal que o garçom nos trouxe era doce, apesar de tá escrito "sal". Comemos mesmo assim. Polenta Doce. O petisco ficou devendo um pouco, mas é que escolhemos o mais simples também pela falta de fome. 

O Bar do Elias é sim forte no quesito comidinhas, por isso pretendemos voltar no boteco. Pratos como carpaccio, bruschetas e polpetones estão presentes no cardápio que é um show a parte, com fotos que dão água na boca. 


Hoje, apesar do Boteco continuar palmeirense, ele não é mais como antigamente, focando um pouco mais no futebol em geral, mas você sempre verá torcedores com camisas do time alvi verde, mesmo em jogos do Brasil.


Dizem que os jornalistas Avalone e Mauro Beting são sempre vistos por lá em dias de semana. É ir pra conferir. 

Veja abaixo um vídeo da animação da torcida no segundo gol do Brasil contra a Costa do Marfim.


Resumindo, o boteco tem estilo. O futebol está presente em cada passo, porém para aqueles que acham que o Bar do Elias é um boteco predominantemente masculino, não é nada disso. Tem muita mulher por lá. O clima de paquera está presente o tempo todo, assim como o futebol, talvez até na mesma proporção. Duvida? 


Localização: Rua Caraíbas, 224 - Perdizes - São Paulo
Gastos (2 Pessoas): de R$ 30,00 até R$ 60,00
Ambiente: Futebol, Paquera, Happy Hour.
Nota: 9,2

sexta-feira, 18 de junho de 2010

COMEDIANS BAR


Amigos leitores do CIA DOS BOTECOS, vamos ajudar as celebridades Danilo Gentili e Rafinha Bastos a criar a logomarca do Boteco deles. Hã? Vocês ainda não sabem?



Bom, a gente conta pra vocês.

Rafinha Bastos e Danilo Gentili, dois dos principais nomes do Stand Up vão colocar em prática um antigo sonho: ter um boteco. Tá certo que esse deve ser um boteco-show, com direito a muitos Stand Ups. O nome será Comedians e será na Rua Augusta. O Boteco será inspirado em Botecos Americanos.


Como Rafinha Bastos disse no twitter: "...tá ficando animal!" Ainda não vimos, mas acreditamos.

Quem sabe a gente não encontra o Rafinha tomando umas e outras, porque o Danilo.....bom, vejam a foto dele no Boteco Aroeira.


Algum tempo depois.... Vejam o belíssimo resltado.... Bora rir um pouco...


Esses são os caras:


Enfim, a pré-balada, a balada ou a pós balada é essa:

quarta-feira, 16 de junho de 2010

QUITANDINHA

Amigos leitores do CIA DOS BOTECOS, esse ano está difícil assistir os jogos da Copa do Mundo por dois motivos: Os jogos estão muito sonolentos e os horários são péssimos para aqueles que trabalham.

Mas ainda bem que temos o Domingão. E foi no último domingo que conseguimos assistir nosso 1º jogo da Copa: ALEMANHA e AUSTRÁLIA. O Boteco da vez foi o famosinho QUITANDINHA!


Saímos em direção a Vila Madalena pra assistir a um jogo de futebol, então seguem algumas dicas para você não sair no prejuízo:

1º) Não entre em um Boteco que só tenha CHOPP servido em tulipa rabo de peixe, você vai gastar mais do que tem.


2º) Se não tiver jeito e todos os Botecos que você curte só vendem CHOPP, então prefira os que tenham promoção do tipo DOUBLE CHOPP, daqueles que você bebe 1 e ganha outro.

OBS: Aqui segue uma observação, o preço do CHOPP em São Paulo é bem variado. Mas na grande maioria os preços são a partir de R$ 3,90, chegando numa média que varia de R$ 4,90 a R$ 5,20 nos botecos mais top de linha.

3º) Entre tulipa e caldereta (aquele copo de tomar Chopp Brahma) prefira a caldereta pois tem 350 ml e a tulipa básica vem com 280 ml. 

Fomos parar no QUITANDINHA, um boteco bem localizado, mas que de quitanda não tem nada. Como é de praxe nesses botecos que temos freqüentado ultimamente, "o bar é bonito demais da conta", as mesas são bem espaçadas uma da outra e os garçons são simpaticos e atenciosos.

Foi num bate papo com o garçom que descobrimos um futuro boteco na Vila Madalena, o São Domingos. Aguardem! Veja o último post do Cia dos Botecos.


O Quitandinha está cobrando R$ 50,00 homem e R$ 50,00 mulher para assistir os jogos do Brasil, mas para isso é preciso fazer reservas no telefone 11 9651 6934 ou 11 9363 5059. O único benefício é a promoção DOUBLE CHOPP, mas somente nos jogos do Brasil.

Mas e nos jogos da Alemanha??? Qual a promoção????


Afinal de contas estávamos assistindo a maior goleada da COPA até o momento. Mas confesso que ficamos   decepcionados, um pouco desapontados pois não havia promoção alguma para esse jogo, na verdade para nenhum jogo, além dos jogos do Brasil.

Esperávamos balde de 4 Bohemia por R$ 16,00 ou alguma coisa parecida. Mas não tinha nada de promoção. O boteco não estava lotado, talvez uma oferta especial ajudaria, pelo menos nesses dias de Copa. 


Aqui vai mais uma dica: prefira bares especializados em jogos, sabe aquele boteco que tá acostumado a passar jogos de quarta-feira, mesmo que o jogo for VITÓRIA x AVAÍ ou CEARÁ x GOIÁS. É esse boteco que é bom pra ver jogos da COPA.

O Quitandinha passa a impressão que a televisão é apenas um objeto para decorar o ambiente. Como foi a primeira vez que visitamos o boteco não sabemos se já havia televisores por lá, mas é possível que tenham colocado as TV's e o Telão somente por causa da Copa do Mundo da África do Sul.

Falta animação e barulho. Tá certo que era um jogo da Alemanha, mas passamos em frente o Boteco São Bento e parecia jogo do Brasil, uma festa de vuvuzelas. 


Por ser um boteco clássico, o boteco deveria focar muito mais nos petiscos, mas não é isso que acontece. No cardápio é possível encontrar pratos típicos para almoço como o Brasileirinho, até parece gostoso, mas nosso negócio é petisco/porção, portanto o QUITANDINHA fica devendo.

Isso quer dizer que o petisco que comemos não estava bom? Errado! O petisco estava uma delícia, mas falta opções.


Fomos de Filé Acebolado. O preço foi honesto, mas quantidade ficou a desejar. Achamos que os R$ 25,00 é válido por ser bem feito, mas o boteco poderia caprichar um pouquinho mais. Vejam a foto.

Resumindo o Boteco é chique mas não é exagerado. Tem charme e informalidade. É clássico, então visite sem medo apesar dos pesares.


Localização: Rua Fidalga, 242 - Vila Madalena - São Paulo (11) 3817 5586 

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Novidade na Vila Madalena

Notícia fresquinha para os amantes da botecagem paulistana. Vem aí o SEU DOMINGOS, o mais novo boteco da Vila Madalena.


Localizado na esquina da Rua Aspicuelta com a Rua Fidalga, o bar promete ser o novo point do pedaço. 

Do mesmo dono do QUITANDINHA, o bar está sendo instalado onde era uma oficina mecânica, uma troca mais do que justa. Pra falar a verdade, o futuro da Rua Aspicuelta é boteco de fora a fora.

A previsão para a inauguração é para os próximos dias, para tentar pegar ainda o boom da Copa do Mundo.

Vamos ficar de olho no lance!

domingo, 13 de junho de 2010

BOTECO FERRAZ

Olá amigos do Cia dos Botecos, hoje vamos falar do nosso Dia dos Namorados.


O Escolhido

Resolvemos ir num lugar diferente, um lugar bonito, que tivesse boas cervejas. Pensamos em lugares que nunca fomos como P.J Clarke's, Boteco Ferraz, Dona Flor, Piratininga, entre outros.

Saímos sem destino, porém na nossa cabeça estava em um desses botecos acima citados. Fomos parar na Rua Dr. Mário Ferraz. Nessa rua encontra-se o P.J. e o Boteco Ferraz. O P.J. estava lotado e o Boteco Ferraz não tinha tanta gente e por isso foi a nossa escolha: BOTECO FERRAZ.



Ambiente Fino

O Boteco é extremamente charmoso. Encanta no primeiro olhar. Ainda do lado de fora do botequim, dois seguranças mantém a proteção do local.

Já no ambiente fomos informados dos valores: R$ 20,00 consumíveis para mulher e R$ 30,00 consumíveis para homem. Valores dentro do padrão, pois era óbvio que numa bar desses não dá pra gastar menos de R$ 50,00.


O garçom nos atendeu prontamente nos entregando dois cardápios que por sinal achamos simples, não pela diversidade culinária, mas sim pelo visual e talvez pela falta da história do bar.

Para um boteco desse porte poderiam melhorar o cardápio, talvez uma breve história do Doutor Mário Ferraz, ou simplesmente a história do boteco. Sinceramente não sabemos quem foi esse tal de Mário Ferraz. Seria um médico, advogado, dentista ou coisa parecida?


Um dos fatores que mais nos chamou a atenção foi a música do ambiente. Muito legal. Uma sonzeira. Não é balada. É bar. É boteco. O som ambiente é diferente de todos botecos que já fomos. Muita qualidade e bom repertório musical.

Uma pena é que o som vai abaixando com o passar do tempo. Poderia ser o tempo todo com a sonzeira que iniciou a noite

Cervejão

Para uma data especial, cervejas especiais. No Boteco Ferraz não se vende cervejas da gigante AmBev ou melhor AB Inbev. O negócio ali é família Heineken.



Havia apenas 2 marcas de cervejas importadas: EDELWEISS (5,5 % de álcool) e MURPHY'S (4,0% de álcool). Ambas custando R$ 18,00Pra quem já pagou R$ 14,00 no The Blue Pub, pagar R$ 18 pilas realmente é um pouco caro. Sendo que a Edelweiss era de trigo e a Murphys: Stout ou Red.

Fiquei sabendo essa semana que esse é o preço da Original em Campos de Jordão em alguns botecos. Absurdo

Depois das cervejas especiais ficamos de long neck Heineken. 

O ponto negativo com relação a cervejas ficou o fato de servirem a Murphy's no copo da Edelweiss. Ou seja tomar uma Stout no copo de uma cerveja de trigo, não dá né. Veja a foto acima. Mais uma vez, para um boteco como esse é até fácil conseguir uns copos desses da foto abaixo.


Outra coisa é que a Murphy's ideal é beber a 4ºC, mas o pessoal do Boteco Ferraz coloca a lata na geladeira e além disso ela já tem um sistema que ao abrir a lata o liquido gela. Sendo assim, acreditamos que faltou um pouco mais de conhecimento sobre cervejas para o Boteco Ferraz, digamos que faltou um Edu Passarelli do Melograno na casa.

O Petisco

Os preços estavam ótimos e não perdemos a oportunidade de experimentar um Frango Aperitivo com molho Cheddar, simplesmente espetacular e muitíssimo bem servido.


Havia um tempinho que não comíamos nada parecido. Muito suculento esse petisco. O preço é na casa dos vinte reais e portanto vale muito a pena.

Conclusões

Como diz o próprio site do Boteco Ferraz, o boteco é um lugar ideal pra pedir uma boa bebida, um bom aperitivo e deixar a conversa rolar. 

As pessoas que freqüentam o Boteco Ferraz são na maioria pessoas que tem o bolso cheio, não que o bar seja caro, mas a localização vip do boteco faz com que as pessoas de maior poder aquisitivo freqüentem tal ambiente. 


Veja a foto acima, ao fundo um fazendeiro que sentou do nosso lado, pedindo 2 garrafas de Whisky na casa dos R$ 255,00 a garrafa. 

O BOTECO FERRAZ aposta na trilha sonora com diversos remix de D.J's. Muito bacana isso. As marcas de chopp ficam um pouco a desejar: SOL, HEINEKEN, XINGU.

A galera que frequenta é animada. Dançam e batem palma o tempo todo. 

A decoração é show. Para a COPA DO MUNDO existem 3 televisores de LCD, que acreditamos ser de 42' e mais 2 telões, sendo um gigante e um médio. Deve ser muito bacana assistir os jogos do Brasil no Boteco Ferraz.

Além do piso térreo, há um piso superior com pouquíssimas mesas e num estilo mais rústico. 

Localização

RUA DR. MÁRIO FERRAZ (Esquina com a Rua Tabapuã) - Itaim Bibi - SP
11 3079 4589
http://www.botecoferraz.com.br

Curta Nossa Página do Facebook!


  • Desenvolvido Por Verdelone
    Beer